Arquivo mensais:dezembro 2013

Pai e filha morrem em acidente registrado na BR-116, em Itaiópolis

Publicado em 30 de dezembro de 2013 12:39

Vítimas fatais eram de Curitiba (PR) e outras cinco pessoas ficaram feridas

Uma colisão frontal provocou a morte de dois paranaenses no trecho catarinense da BR-116, em Itaiópolis, na tarde deste domingo. Joelson Roque Ey de Oliveira, 38 anos, e a filha Lohanna Silva de Oliveira, 9 anos, morreram após a colisão do corsa Sedan com placas de Curitiba, com um Voyage, com placas de Papanduvas (SC), às 15h45min no quilômetro 33,5 da rodovia federal.Além de Joelson e Lohanna, a esposa Sandra Mara Silva, 38 anos, sofreu ferimentos graves, enquanto o filho Thales Silva de Oliveira, 14 anos, foi socorrido com ferimentos leves. No Voyage, conduzido por Luiz Carlos Krajevski, 38 anos, outras duas pessoas ficaram feridas. Viviane Michalovicz, 25 anos, sofreu ferimentos graves. Luiz Carlos e Evelin Michalovicz, 20 anos, tiveram ferimentos leves.

DIÁRIO CATARINENSE

Polícia Rodoviária Federal aplica multas através de câmeras de monitoramento

Publicado em 30 de dezembro de 2013 12:36

Polícia Rodoviária Federal aplica multas através de câmeras de monitoramento

Agentes trabalham diariamente na central da Autopista Litoral Sul

Transitar pelo acostamento, ultrapassar pela direita e não manter a distância de segurança dos outros veículos são as principais infrações cometidas pelos motoristas que passam pelas rodovias administradas pela Autopista Litoral Sul. Responsável por um trecho de 360 quilômetros das BRs 101, em Santa Catarina, 376 e 116, no Paraná, a concessionária monitora cerca de 90% do trecho com 175 câmeras. Desde dezembro atuando no Centro de Controle Operacional da empresa, localizado no bairro Santo Antônio, em Joinville, agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) multam os infratores com base nas imagens do Sistema Inteligente de Transporte.

Na sexta (27), o policial Edmar Rashnik registrou multas para cerca de 30 infrações na BR-101, na região de Garuva. Segundo ele, quando as filas se formam, muitos motoristas insistem em ultrapassar pela direita de forma indevida ou seguirem pelo acostamento atrapalhando ainda mais o tráfego.
“Somente pela manhã foram 16 infrações. Tem muita gente que fura a fila, e tem gente que fura a fila e ainda usa o celular, como eu flagrei hoje”, detalha. Cada ultrapassagem indevida pela direita é considerada uma infração média que faz o condutor perder quatro pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e R$ 85,13.
O uso do celular tem o mesmo número de pontos e o mesmo valor da infração citada acima. As ultrapassagens pelo acostamento são consideradas gravíssimas pelo Código Brasileiro de Trânsito, tiram cinco pontos na CNH do motorista e fazem com que este desembolse R$ 127,69.

Atualmente, o Centro de Controle Operacional da Autopista Litoral Sul tem 24 funcionários se revezando em três turnos de oito horas – fora da temporada são 20 operadores.
No atendimento telefônico são mais 13 pessoas divididas em quatro turnos de seis horas. Todos eles têm autonomia para identificar infrações e acidentes, mas somente o policial rodoviário federal (a cada dia um deles faz plantão de 12 horas na central) pode aplicar as multas.

Variação

De acordo com André Ortega, inspetor-chefe da 3ª delegacia da PRF (Polícia Rodoviária Federal), com sede em Joinville, o número de infrações registradas pelos policiais rodoviários federais que estão no Centro de Controle Operacional varia muito, dependendo, entre outros fatores, do movimento na rodovia.
Há dias em que nenhuma ocorrência é registrada, mas há outros em que os números são elevados, como na sexta passada (27), quando 30 infrações foram anotadas. A prática de observar os veículos por meio das câmeras e aproximar as placas para multar os condutores é regulamentada pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito). “Só precisa ter a informação na rodovia de que ela é fiscalizada por câmeras”, informa André Ortega.

Painéis de alerta

O supervisor do Centro de Controle Operacional, Fernando da Luz, afirma que há sete painéis fixos – cinco em Santa Catarina e dois no Paraná – para informar aos usuários sobre a fiscalização por câmeras. Há outros cinco painéis móveis utilizados quando há acidentes ou outros problemas pontuais nas rodovias. “Também temos nove bases operacionais e 11 veículos de inspeção (cada um com uma área de abrangência de 30 a 40 quilômetros) para monitorar acidentes e qualquer outra ocorrência como a queda de um objeto na pista”, completa Luz.
Quem precisar de atendimento nas rodovias administradas pela Autopista Litoral Sul deve ligar para o 0800 725-1771. Pessoas com deficiência auditiva e da fala devem ligar para o 0800 717-1000.

Fonte: http://ndonline.com.br/joinville/noticias/131091-policia-rodoviaria-federal-aplica-multas-atraves-de-cameras-de-monitoramento.html

Vereador é detido por suspeita de dirigir bêbado e porte ilegal de arma

Publicado em 27 de dezembro de 2013 18:42

Vereador é detido por suspeita de dirigir bêbado e porte ilegal de arma

Gilson Paes Vieira, o Chumbinho, pagou fiança e foi liberado em seguida.
Abordagem ocorreu na manhã de quarta-feira (25), na cidade de Tubarão.

Do G1 SC

Um vereador do município de Tubarão, no Sul de Santa Catarina, foi detido pela Polícia Militar por suspeita de dirigir embriagado. Segundo a PM, Gilson Paes Vieira (PSD) se negou a fazer o teste do bafômetro após a abordagem, no início da manhã de quarta-feira (25). No carro dele, foi encontrado um revólver calibre 32 carregado.

A PM informou que o vereador foi conduzido para a Central de Polícia e depois para a Delegacia de Delitos de Trânsito da cidade. Conforme informações da polícia, ele pagou fiança e foi liberado em seguida. Gilson Vieira, também conhecido como Chumbinho, negou todas as acusações.

De acordo com a polícia, o procedimento foi feito por volta das 5h30 na rua Prudente de Morais, no bairro Santo Antônio de Pádua. A abordagem partiu de uma denúncia anônima. A PM afirmou que o vereador se negou a acatar a ordem de parada. A polícia revelou ainda que o revólver não estava no nome dele. Além disso, informou que ele não tem porte de arma.

“Apareceu do nada”
Gilson disse que estava chegando em casa, quando ‘a viatura da polícia apareceu do nada’. “Eu estava chegando de um baile com minha família e eles me abordaram sem motivo nenhum. Não andei na contramão, não fiz malabarismo na pista e nem infringi a lei. Mas isso não quer dizer que eu não tenha tomado umas cervejas”, defendeu-se.

Ele contou que havia parado em uma lanchonete alguns momentos antes para comer. O vereador disse que seguia o percurso com a esposa e já estava próximo de casa, além disso os filhos o acompanhavam logo atrás em outro veículo. Gilson explicou que se recusou a fazer o teste do bafômetro porque “a lei assegura isso”.

Colômbia garante Natal sem morte por embriaguez no trânsito

Publicado em 27 de dezembro de 2013 18:39

Colômbia garante Natal sem morte por embriaguez no trânsito

Autoridades realizaram 49.550 testes do bafômetro no país durante a noite de 24 de dezembro, dos quais apenas 421 foram positivas, disse general

Colômbia: Natal terminou sem sequer um morto nas estradas do país por causa de motoristas em estado de embriaguez, graças a uma nova lei com duras sanções, disse general

Bogotá – O Natal terminou sem sequer um morto nas estradas da Colômbia por causa de motoristas em estado de embriaguez, graças a uma nova lei com duras sanções, informou nesta quinta-feira o diretor de Trânsito da Polícia, o general Carlos Ramiro.

“Em 24 de dezembro e especialmente à noite não houve nenhum morto por acidentes de trânsito por direção em estado de embriaguez. Zero morte, isso é histórico e esperamos que se repita no dia 31 de dezembro”, disse o general à imprensa.

Além disso, assegurou que o número de acidentes causados por motoristas embriagados caiu 83%, com apenas cinco casos em comparação aos 29 registrados em 2012.

As autoridades realizaram 49.550 testes do bafômetro no país durante a noite de 24 de dezembro, dos quais apenas 421 foram positivas, 60% a menos que em 2012, informou Ramiro.

Esses são os resultados da entrada em vigor da nova “Lei para a condução sob uso de álcool e de outras substâncias psicoativas”, que contempla multas de até 28 milhões de pesos (R$ 34 mil) e o cancelamento da licença de dirigir.

Outros dados facilitados pela polícia sobre a noite de 24 de dezembro são 36 mortes violentas (em 2012 foram 87), 103 pessoas feridas e 185 detidas, 20 delas com ordem de prisão por homicídio.

Com pólvora, foram 16 os feridos, nove deles menores de idade, e a polícia apreendeu 273 quilos de material explosivo.

Além disso, foram registradas 5.396 rachas e a polícia apreendeu 61 armas de fogo e 1.821 armas brancas.

Fonte: http://exame.abril.com.br/mundo/noticias/colombia-garante-natal-sem-morte-por-embriaguez-no-transito

Número de flagrantes pela Lei Seca no Vale sobe quase 400% no Nata

Publicado em 27 de dezembro de 2013 18:37

Polícia Rodoviária autuou 63 motoristas alcoolizados em cinco dias.

Balanço apontou que número de acidentes foi menor que em 2012.

O número de multas a motoristas flagrados por embriaguez aumentou quase 4 vezes no Natal deste ano no comparativo com o mesmo período do ano passado. A informação é da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), que autuou 63 motoristas dirgindo alcoolizados nas estradas da região durante os cinco dias de ‘Operação Natal’. No mesmo período do ano passado, foram flagrados 13 motoristas na mesma condição.

De acordo com a Polícia Rodoviária, são empregados em média, nestas ocasiões, 10 etilômetros. A operação deste ano tinha como um dos principais focos o combate à embriaguez ao volante. Os motoristas flagrados alcoolizados são multados em R$ 1.915,40 (infração gravíssima) e sofrem um processo administrativo que pode resultar na suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Segundo o comandante da operação no Vale do Paraíba, tenente Milton Luis da Silva Farias, o número de autuações é alto. “O motorista que bebe e dirige sabe que é errado, mas acredita que não vai ser flagrado. É isso que a gente percebe durante a fiscalização. Já tivemos meses aqui no Vale em que flagramos mais de 300 motoristas nesta condição, o que é muito”, disse ao G1. O número de motoristas presos após o flagrante não foi informado.

Ele informou que as blitze serão mantidas durante a ‘Operação Ano Novo’, a partir desta sexta-feira (27). “Estaremos atentos a todas irregularidades, inclusive na fiscalização dos excessos de velocidade e tráfego pelo acostamento, que é comum neste época do ano quando as estradas ficam congestionadas”, afirmou.

Balanço
As rodovias da região contabilizaram 78 acidentes, sendo que em 27 deles houve vítima – 11 gravemente feridas. Uma pessoa morreu no período entre o dia 25 e 25 de dezembro em Taubaté.

O número é menor que o registrado na ‘Operação Natal’ do ano passado quando foram registrados 90 acidentes, sendo 38 com vítimas – 10 gravemente feridas e com uma morte.

O feriado prolongado de Natal do ano passado teve quatro dias e neste ano, cinco. Foram 1.155 motoristas autuados.

O número de veículos que trafegaram na Operação Natal deste ano foi maior que no ano passado – foram 125 mil veículos no feriado de 2013 e 91 mil no ano passado.

Via Dutra
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) houve redução no número de acidentes e na gravidade. Nenhuma acidente teve vítima fatal na Dutra. Em 2012, duas mortes foram registradas no feriado do Natal.

Fonte: http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2013/12/multa-por-embriaguez-sobe-quase-400-no-feriado-de-natal-no-vale.html

Polícia fecha cerco e passa a filmar motoristas embriagados em Londrina

Publicado em 27 de dezembro de 2013 18:36

  • Polícia fecha cerco e passa a filmar motoristas embriagados em Londrina

Os motoristas de Londrina devem ficar mais atentos na direção e não devem se surpreender com uma abordagem diferente da Polícia Militar (PM). Com o endurecimento da chamada Lei Seca e a chegada de câmeras para os policiais, quem for pego embriagado vai acabar sendo filmado. Os vídeos serão utilizados como prova para embasar o processo penal.

A nova lei sobre a não ingestão de bebida alcoólica admite vídeos como prova de embriaguez ao volante. Com os bafômetros já aferidos e à disposição da Companhia de Trânsito de Londrina, será possível fazer uma intensificação das operações policiais, principalmente nesta época de festas, em que a incidência da combinação de álcool e direção aumenta.

Na última terça-feira (24), véspera de Natal, um motorista acabou flagrado por uma das câmeras. O bafômetro indicou 1,36 miligramas de álcool por litro de ar expelido, sendo que o índice de alcoolemia limite para que o condutor não seja multado é de 0,05 mg. “Era um acidente simples, mas em que os dois condutores foram submetidos ao teste do etilômetro. Para um deles deu negativo. Se o outro não tivesse bebido talvez não tivesse o acidente”, comentou o capitão da Companhia de Trânsito de Londrina, capitão Mário Celso Andrade.

De acordo com o 5ºBPM, o principal objetivo é a prevenção, como forma de intimidar aqueles que ainda pretendem sair com seus veículos embriagados pelas ruas da cidade e ainda descumprem as regras de trãnsito. Cada uma das viaturas do plantão de acidentes já está equipada.

A medida, segundo o capitão Celso, vai acabar com os boatos que Londrina não tem fiscalização de embriaguez. “Nossos etilômetros precisaram ser aferidos, mas em todas as vezes que precisamos, nós pedimos apoio para as Polícias Rodoviárias Estadual e Federal”, disse. Ele destacou que os policiais ainda passam por um período de adaptação ao uso dos equipamentos, mas que em breve a abordagem será intensificada.

Fonte: http://londrina.odiario.com/londrina/noticia/793530/policia-fecha-cerco-e-passa-a-filmar-motoristas-embriagados/

Festas Natalinas sem registros de homicídio em Porto Velho

Publicado em 27 de dezembro de 2013 18:34

Festas Natalinas sem registros de homicídio em Porto Velho

Porto Velho – Rondônia: Segundo balanço feito pela Central de Flagrantes, em Porto Velho, não houve registro de homicídio durante as festas de Natal, nos dias 24 e 25. O maior número de ocorrências foi de embriaguez na direção, com 11 flagrantes efetuados, de um total de 37 registros.

Nos últimos dois dias também foram flagranteados cinco roubos, cinco furtos, sete crimes contra a lei Maria da Penha, dois estupros e uma tentativa de estupro, entre outros registros de menor gravidade.

O reforço no policiamento ostensivo e patrulhamento policial em diferentes pontos da cidade permanece até o término das festividades de fim de ano. As Polícias Militar, Civil, Rodoviária Federal e Força Nacional estão trabalhando em operação conjunta para coibir a ação criminosa e oferecer segurança à sociedade portovelhense.

Autor: Sesdec

Em Minas, 32 pessoas morreram em acidentes nas estradas

Publicado em 27 de dezembro de 2013 18:33

Em Minas, 32 pessoas morreram em acidentes nas estradas

 

O feriado de Natal terminou com 32 pessoas mortas em acidentes nas rodovias estaduais que cortam Minas Gerais. O número, divulgado ontem, é menor que o do mesmo período do ano passado, quando 37 mortes foram registradas. Na região de Uberaba nenhum acidente grave foi registrado nas estradas estaduais.

Segundo a Polícia Militar, foram 583 acidentes entre 8h da última sexta-feira (20) e 6h desta quinta. As ocorrências deixaram outros 455 feridos. Os policiais militares fizeram em vários pontos do Estado 455 testes de etilômetro (bafômetro) e prenderam 52 pessoas por embriaguez ao volante. No período foram fiscalizados 40.296 veículos, apreendidos 71, retidos 2.764, removidos 407 e recuperados dez. Além disso, a PMR (Polícia Militar Rodoviária) recolheu 155 CNHs/PPD e 245 CRLV. Foram autuados 382 motoristas inabilitados.

De acordo com a Diretoria de Meio Ambiente e Trânsito (Dmat) da Polícia Militar de Minas Gerais, as causas presumíveis dos acidentes foram falta de atenção ao volante, aquaplanagem, derrapagem, não manter distância de segurança, velocidade incompatível e embriaguez. A PRF (Polícia Rodoviária Federal) não divulgou dados sobre as estradas federais.

Fonte: http://www.jmonline.com.br/novo/?noticias,5,POL%CDCIA,89281

Feriadão de Natal registra pelo menos dez mortes no trânsito na região Norte de SC

Publicado em 26 de dezembro de 2013 11:56

Feriadão de Natal registra pelo menos dez mortes no trânsito na região Norte de SC

Cinco ocorreram em rodovias federais e outros três em rodovias estaduais

Desde a manhã da última sexta-feira até esta quarta-feira, quando terminou o feriadão de Natal, foram registradas pelo menos dez mortes no trânsito na região Norte do Estado. Das dez mortes, cinco ocorreram em rodovias federais, como as BRs 280 e 116, e três em rodovias estaduais, nas SCs 280 e 415.

Outras duas mortes foram registradas em vias municipais, na zona Leste de Joinville. No Estado, foram registradas outras 16 mortes. Dos 26 mortos nas estradas, 14 foram em rodovias federais, seis em estaduais e seis em vias municipais – ruas e avenidas.

O número de mortos nas estradas é o maior dos últimos seis anos – no ano passado, 20 perderam a vida em BRs e SCs.

Mais movimento no fim de ano

Segundo a Autopista Litoral Sul, concessionária que administra a BR-101, de hoje até 5 de janeiro a previsão é de que 50 mil veículos passem diariamente pela rodovia. Em dias específicos, como 1º de janeiro, esse número pode, inclusive, dobrar.

Os trechos que devem concentrar movimento na BR-101 nos próximos dias são os de Balneário Camboriú, Itajaí e Florianópolis. No Norte, a BR-376, no Paraná, região da Serra do Mar.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-101 em Joinville, mesmo que haja fluxo intenso de veículos nos dias que antecedem o Réveillon, não deve haver formação de filas, já que as obras necessárias no trecho, como a da ponte de Garuva, já foram concluídas.

A estimativa da PRF é de que haja um acréscimo de 40% na quantidade de veículos na BR-101 nos próximos dias.  O inspetor da PRF na região de Joinville, André Ortega, explica que a fiscalização contará com um reforço de 50% no efetivo dos policiais.

A NOTÍCIA

TJ-SC nega habeas corpus a 12 torcedores envolvidos em briga na Arena Joinville

Publicado em 26 de dezembro de 2013 11:55

TJ-SC nega habeas corpus a 12 torcedores envolvidos em briga na Arena Joinville

Ações foram ajuizadas no Tribunal de Justiça e avaliadas na última segunda-feira

O Tribunal de Justiça negou nesta segunda-feira os habeas corpus ajuizados em favor de 12 torcedores envolvidos na briga do jogo entre Atlético-PR e Vasco, no último dia 8, na Arena Joinville. Os pedidos se dividiram em duas ações.

Numa delas, foi negado o pedido de liberdade feito pela defesa de Willian Batista da Silva. Em outra ação, foram negados os habeas corpus ajuizados em nome dos torcedores Agnaldo da Silva Reis, Rafael Enrique Marçal, Leonardo Rodrigo Borges, Luiz Felipe Menegatti Pereira, Rodrigo Augusto da Silva, Stevan Vieira da Silva, Gabriel Almeida Ziemer, Salatiel Dias Lima, Thiago Paese Weber, Daniel Gomes e Jorge Luiz de Oliveira Júnior.

As decisões do desembargador Guilherme Nunes Bom foram publicadas na terça-feira.

—A decretação preventiva da prisão dos pacientes é medida que se impõe, mormente que não se vislumbra garantia alguma de que, ao participar de novo evento público de massa, não venham a praticar os mesmos crimes, dos quais estão sendo denunciados — anotou o magistrado.

A NOTÍCIA