Arquivo mensais:julho 2014

Vereadores de Pomerode dizem que Lei Seca ‘atrapalha cultura local’

Publicado em 31 de julho de 2014 20:00

Entidades afirmam que blitze resultam em menos participantes em eventos.
Parlamentares questionaram horário de trabalho de guardas de trânsito.

O número de blitze da Lei Seca realizadas em Pomerode, no Vale do Itajaí, diminuiu após vereadores questionarem os horários em que elas estavam sendo feitas. Os parlamentares alegaram que presidentes de entidades que funcionam à noite reclamaram que as fiscalizações interferem no número de participantes de eventos. Com a restrição das horas extras para os guardas de trânsito, as fiscalizações diminuíram.

Um levantamento feito pela Polícia Militar no Vale do Itajaí apontou que o município de Pomerode é líder em crimes envolvendo embriaguez ao volante. Desde o início do ano até o mês de junho foram 68 flagrantes.

“Nós temos sido procurados por diversas entidades da nossa cidade, dos clubes de caça e tiro. A preocupação deles é que, quando tem um evento, normalmente, tem uma blitz nas proximidades. Segundo os presidentes dessas entidades, isso está interferindo, digamos, no número de participantes nesses eventos”, explicou o vereador José Amarildo da Silva (PP).

Foi por isso que o vereador e outro cinco integrantes do legislativo de Pomerode enviaram à prefeitura um requerimento pedindo informações sobre horário de trabalho dos agentes da Guarda Municipal de Trânsito. Eles questionaram o fato de operações da Lei Seca estarem ocorrendo à noite na cidade.

O secretário de Planejamento, Mauricio Gorigoitá Vega explicou que “os membros da Câmara questionam que as operações de trânsito estariam atrapalhando a cultura local. O que, na real, seria uma inverdade, afinal de contas, está sendo cumprida a legislação”.

Atualmente, a Guarda Municipal de Trânsito de Pomerode possui seis agentes no efetivo. Eles trabalham das 7h30 às 17h. No início do mês, após os questionamentos feitos pela Câmara, a prefeitura suspendeu o trabalho noturno. “Foi nos passado que nós teríamos que restringir o nosso trabalho mediante a questão das horas extras. No entanto, as horas extras não nos permitem também de fazer o acompanhamento a eventos”, disse a autoridade de trânsito Tatiana Leite Slomp.

Impacto
A Polícia Militar, que fazia a blitze em parceria com a Guarda, precisou diminuir a fiscalização à noite. “Enquanto nós fazíamos, com os agentes de trânsito, dois pontos de blitze, hoje estamos fazendo apenas um e também atendendo as ocorrências criminais”, disse o coronel Cláudio Roberto Koglin.

Após a diminuição das blitze, a prefeitura pretende mandar um projeto à Câmara pedindo a alteração do número de servidores permitidos pela lei municipal. De acordo com o secretário de Planejamento, a cidade só pode ter seis agentes de trânsito. A ideia é fazer um levantamento de todo o número de servidores que precisa de alteração e colocar no projeto.

 

Fonte: http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2014/07/vereadores-de-pomerode-dizem-que-lei-seca-atrapalha-cultura-local.html

Agentes de trânsito são agredidos ao aplicarem multa, em Vitória

Publicado em 31 de julho de 2014 19:55

Taxista seguia na contramão e não aceitou ser multado.
Profissionais faziam patrulhamento de rotina.

Dois agentes de trânsito e foram agredidos após tentarem aplicar uma multa a um taxista que transitava na contramão em uma motocicleta, nesta quarta-feira (30), na Avenida Jair Etiene Dessaune, em Vitória. De acordo com o gerente de operação e fiscalização de trânsito, Marcelo Perozini, foi necessário acionar os serviços da Guarda Comunitária, que  conseguiram conter o motorista e encaminhá-lo para a delegacia regional do município.

Perozini contou que os agentes de trânsito  faziam uma ronda de patrulhamento no bairro Bento Ferreira, quando avistaram a infração. “Ele viu os agentes fazendo a multa, e foi questionar o motivo. Ele não gostou, pegou o capacete e partiu pra cima do agente, batendo no rosto e na cabeça. Uma colega que tentou separar também foi agredida”, contou.

O gerente de operações também disse que essa é quarta vez que o agente ferido sofre agressões. Segundo ele, as ameaças são constantes. “Os guardas são agredidos no exercício de sua função. Os condutores comentem a infração e não aceitam receber a punição”, falou Perozini.

Os agentes feridos tiveram ferimentos leves e utilizaram spray de pimenta para se defender, já que não têm porte de arma de fogo.

Fonte: http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2014/07/agentes-de-transito-sao-agredidos-ao-aplicarem-multa-no-es.html

Motorista vai recorrer de multa e acaba autuado por embriaguez no RS

Publicado em 31 de julho de 2014 19:54

Segundo PRF, policial notou sinais de embriaguez de condutor em Pelotas.
Em Rio Grande, outro motorista foi reaver CNH e também foi multado.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou duas ocorrências incomuns nesta quarta-feira (30) na Região Sul do Rio Grande do Sul. Em uma delas, um homem de 49 anos foi até a delegacia da PRF em Pelotas para tentar recorrer de uma multa de trânsito, mas acabou autuado por embriaguez ao volante.

De acordo a PRF, o motorista tentava recorrer de uma multa que havia recebido por transitar no acostamento. Após estacionar seu carro e se dirigir ao balcão de atendimento, o condutor iniciou a conversa com o agente, que sentiu o forte hálito etílico exalado por ele. Solicitado a fazer o teste do etilômetro, o condutor se recusou e acabou autuado.

A outra ocorrência ocorreu no município de Rio Grande, na mesma região. Conforme a PRF, um condutor de 61 anos chegou dirigindo à unidade da PRF para reaver a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) que havia sido recolhida durante o final de semana por dirigir sob efeito de álcool. Resultado: acabou autuado por dirigir sem portar a CNH.

Fonte: http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/transito/noticia/2014/07/motorista-vai-recorrer-de-multa-e-acaba-autuado-por-embriaguez-no-rs.html

Multas por embriaguez crescem 34% no trecho da Bandeirantes na RMC

Publicado em 31 de julho de 2014 19:53

Segundo a Polícia Rodoviária, foram 51 multas no 1º semestre deste ano.
Jovem de 28 anos morreu na manhã desta terça-feira em colisão na rodovia.

O número de motoristas flagrados bêbados cresceu 34,2% no trecho da Rodovia dos Bandeirantes que passa por cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC). Segundo a Polícia Rodoviária, foram 51 multas neste semestre, contra 38 nos primeiros seis meses de 2013. Além disso, nove condutores foram presos em flagrante por causa da embriaguez ao volante.

“É um número que nos traz preocupação e mostra que não podemos descuidar da fiscalização. Temos que continuar insistindo na conscientização do condutor”, disse o tenente da Polícia Militar Rodoviária Ademir Tomaz Bravo.

Colisão
Uma colisão na manhã desta terça-feira (29) matou Paulo Henrique Maia, de 28 anos, que dirigia no trecho da Bandeirantes que passa por Sumaré (SP). O carro dele foi atingido por um veículo que era conduzido por um motorista embrigado.

A vítima trafegava na estrada com um Renault Sandero, que foi atingido de frente. O condutor de um Honda Civic dirigiu por 4 km na contramão antes da colisão. O teste do bafômetro indicou que ele tinha 0,95 miligramas de álcool por litro de sangue, quase três vezes acima do limite que faz com que a embriaguez ao volante se torne um crime.

O motorista do Civic sofreu uma fratura na perna e foi internado no Hospital Estadual de Sumaré e deve ser preso assim que tiver alta. O corpo de Paulo Henrique Maia será enterrado nesta quarta-feira (30) no Cemitério da Saudade, em Sumaré.

Fonte: http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2014/07/multas-por-embriaguez-crescem-34-no-trecho-da-bandeirantes-na-rmc.html

Motorista do Incra é preso sob suspeita de embriaguez

Publicado em 31 de julho de 2014 19:52

Aos policiais, funcionário público revelou que havia tomado seis cervejas

Um servidor do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Cuiabá, foi flagrado pela Polícia Militar dirigindo uma picape do órgão sob suspeita de embriaguez.

O exame do bafômetro constatou 0,86mg/l), índice mais que o dobro do mínimo permitido. O nome do funcionário do Incra não foi divulgado.

A prisão ocorreu nesta quarta-feira (30), por volta da meia-noite e meia, na Avenida Senador Metelo, região do bairro do Porto.

Ele confessou à Polícia que havia tomado seis cervejas, em comemoração ao seu aniversário de 50 anos.

Segundo policiais militares, o servidor dirigia a picape em baixa velocidade, o que chamou a atenção, uma vez que poderia estar observando alguma residência.

Na abordagem, os policiais desconfiaram e sugeriram o exame de alcoolemia.

No Plantão Metropolitano da Capital, o delegado plantonista arbitrou fiança de R$ 724.

O servidor do Incra teve que ligar para a esposa, que estava no bairro CPA IV, para que providenciasse o dinheiro da fiança.

A picape ficou apreendida no pátio e será entregue ao órgão. O servidor teve a carteira de motorista apreendida.

Fonte: http://www.midianews.com.br/conteudo.php?sid=25&cid=205256

‘Sem Noção’ flagra motoristas na contramão em rua no centro de Belém

Publicado em 31 de julho de 2014 19:52

 

Telespectador registrou infração na rua Conselheiro Furtado.
Motorista flagrado na contramão pode pegar multa de R$ 191,54.

O telespectador da TV Liberal, Rodrigo Riomar flagrou uma infração no trânsito de Belém para o Quadro Sem Noção. Nas imagens é possível ver motoristas saindo da travessa São Pedro e dobrando na contramão em um trecho da avenida Conselheiro Furtado, para ter acesso à Rua dos Apinagés.

As vias onde ocorrem as irregularidades são localizadas no centro da capital paraense, no bairro de Batista Campos. O vídeo mostra ainda condutores de moto fazendo o mesmo. As infrações ocorrem mesmo durante o dia. O perímetro é bastante movimentado.

Trafegar na contramão é considerada uma infração gravíssima e, de acordo com o Artigo 186 do Código de Trânsito Brasileiro, a multa é de R$ 191,54, além do motorista que for flagrado cometendo a infração perder sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação. A imprudência continua sendo uma das maiores causas de acidentes no trânsito no país.

Fonte: http://g1.globo.com/pa/para/noticia/2014/07/sem-nocao-flagra-motoristas-na-contramao-em-rua-no-centro-de-belem.html

Detran orienta sobre o que fazer ao comprar carro novo

Publicado em 31 de julho de 2014 19:51

 

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) prevê crescimento de 14,3% nas vendas de carros novos neste segundo semestre do ano. Se as expectativas se confirmarem, o Paraná deve fechar 2014 com mais de 400 mil novos veículos em circulação. Dados do Departamento de Trânsito do Estado (Detran) mostram que, de janeiro a junho, 203.196 carros foram emplacados pela primeira vez. Com isso, a frota paranaense somou 6.319.821 veículos registrados.

Quem está programando a aquisição do carro novo para os próximos meses deve ficar atento aos procedimentos e documentos necessários no pós-compra. Por isso, o Detran preparou um passo a passo e um glossário para ajudar o comprador saber o que significa cada uma das exigências feitas pelo Código de Trânsito Brasileiro:

PASSO 1 – Ao efetuar a compra, o proprietário deve ir com o veículo a uma unidade do Detran ou a um dos despachantes credenciados à instituição. No local, será realizada a vistoria e a emissão do decalque, espécie de adesivo de identificação do veículo.

PASSO 2 – Na sequência, o responsável deve efetuar o pagamento da taxa do primeiro emplacamento. Isto pode ser feito em qualquer agência dos bancos credenciados ao Departamento: Banco do Brasil, Sicredi ou Bancoob. Depois de quitado o débito, retorna ao Detran para conclusão do processo.

PASSO 3 – Com o documento auxiliar (Danfe) e a nota fiscal eletrônica, o proprietário terá 15 dias para efetuar o registro do veículo. A partir da emissão do CRV (Certificado de Registro de Veículos) e do CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de veículos), é necessário levar o veículo para colocar o lacre de identificação e as placas, o que pode ser feito em um dos 160 fabricantes credenciados em todo Estado.

Detran lista itens que precisam ser checados na hora da compra do carro

Infração

É permitido circular com veículo sem placa apenas do local da compra para o município ou região de emplacamento. Após o prazo de quinze dias, conduzir o veículo sem qualquer uma das placas de identificação, sem registro e licenciamento é considerado infração gravíssima. O Artigo 230, do Código de Trânsito Brasileiro, prevê aplicação de multa de R$ 191,54, apreensão e remoção do veículo.

Um mês depois

Após 30 dias da compra, o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) deve ser pago, proporcionalmente ao período do ano. Por exemplo, se a compra for realizada no mês de julho de 2014, o proprietário irá pagar o IPVA correspondente aos meses de julho a dezembro de 2014.

Entenda para que serve cada documento:

CRV – Certificado de Registro de Veículos: Esse documento é emitido no 1º emplacamento do veículo e também na transferência de propriedade. Qualquer alteração de característica do veículo, como cor, substituição de molas convencionas por molas esportivas, devem ser informadas ao Detran para que sejam alteradas no CRV. Em caso de venda do veículo é obrigatório a apresentação deste. Quando houver perda do documento o proprietário deve se dirigir ao Detran e solicitar uma segunda via.

CRLV – Certificado de Registro e Licenciamento de veículos: Conhecido como licenciamento, o CRLV é um documento que concede o direito de livre tráfego ao veículo. Sua liberação ocorre somente após a quitação de todas as dívidas perante o Detran, como seguro obrigatório, IPVA e multas.

DPVAT – Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre: O Seguro obrigatório DPVAT tem como função indenizar vítimas de acidentes de trânsito ocorridos com veículos automotores em vias terrestres. O seguro não é destinado a danos materiais e cobre somente danos pessoais. Ou seja, a indenização é paga em casos de morte, invalidez total ou parcial e reembolso de despesas médicas.

 

Fonte: http://maringa.odiario.com/parana/noticia/852825/detran-orienta-sobre-o-que-fazer-ao-comprar-carro-novo/

RS: motorista com 360 pontos na CNH é flagrado a 174km/h

Publicado em 31 de julho de 2014 19:50

Um motorista com o histórico de infrações de trânsito somando 360 pontos foi flagrado, na manhã desta terça-feira, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), dirigindo a 174 km/h na BR-386, no município de Fazenda Vilanova, no Rio Grande do Sul. Após o teste do bafômetro dar negativo, ele foi liberado para seguir viagem.

Segundo a PRF, o veículo, um Volvo, era dirigido por um homem de 48 anos, acompanhado de dois adultos e duas crianças. Mesmo confrontado com uma foto de radar, o motorista negou que estivesse naquela velocidade. O limite de velocidade da BR-386 é 80 km/h.

O condutor, que já teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa por duas vezes, tem um histórico de infrações que incluí: conduzir veículo com CNH suspensa, desobediência aos agentes de trânsito, dar sinal de luz para avisar existência de fiscalização policial, não uso do cinto de segurança, manobras perigosas em via pública, ultrapassagem irregular (13 vezes), excesso de velocidade (24 vezes), além de dirigir embriagado em 2012. Como o veículo está em nome de sua esposa e existem mais cinco autuações esperando apresentação, é possível que o número de infrações seja ainda maior.

Como o processo administrativo por embriaguez ao volante ainda não foi concluído, o direito de dirigir do condutos não foi suspenso. Após ser multado com infração gravíssima por conduzir em excesso de velocidade, o que gerará uma multa de R$ 574,56, ele receberá mais sete pontos no prontuário e terá que enfrentar mais um processo para a suspensão da CNH.

De acordo com a PRF, o local onde o Volvo foi parado é um cruzamento perigoso com a rodovia RS-128, com histórico recente de muitos acidentes.

Fonte: http://noticias.terra.com.br/brasil/transito/rs-motorista-com-360-pontos-na-cnh-e-flagrado-a-174kmh,4e7993adb4487410VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html

Em acidente, carro sai da pista e colide com árvore na BR-316

Publicado em 31 de julho de 2014 19:49

Dois veículos se envolveram em um acidente de trânsito na manhã desta quarta-feira (30), em um trecho da BR-316, que dá acesso a AL-115, em Palmeira dos Índios.

Testemunhas contaram aos agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que o veículo Peugeot de cor prata, seguia sentido Estrela de Alagoas pela BR-316 quando colidiu com um Fiat Pálio, de cor vinho, que tentava entrar na AL-115, sentido ao bairro de Palmeira de Fora, em Palmeira dos Índios. Apesar do impacto da batida, ninguém ficou ferido.

Devido ao choque, o Jovem advogado e condutor do Peugeot, identificado como Diogo Teixeira, 27 anos, perdeu o controle do veículo, saiu da pista e colidiu contra uma árvore. Ele contou que tinha saído de Maceió e seguia para Bom Conselho, em Pernambuco, onde mora e é procurador do município.

Ainda conforme informações da PRF, o condutor do Pálio foi identificado como Cícero Honório. Os condutores foram submetidos ao teste do bafômetro e prestaram esclarecimentos à polícia no local.

Apesar dos relatos de testemunhas, apenas a perícia do Detran/AL poderá determinar os culpados e causas do acidente. A pedido do proprietário do Peugeot, não mostramos a placa do veículo nas imagens.

Fonte: http://www.alagoas24horas.com.br/conteudo/?vCod=206632

PM se envolve em acidente de trânsito e mata vigilante

Publicado em 31 de julho de 2014 19:48

Em seguida, ele se matou; batida aconteceu em Guaianazes, na zona leste, na terça-feira

Um cabo da PM (Polícia Militar) se envolveu em um acidente de trânsito na tarde de terça-feira (29), em Guaianazes, zona leste de São Paulo. Ele discutiu e atirou em um vigilante e, em seguida, se matou.

O policial estava de folga e bateu o carro na traseira de outro veículo de uma empresa de energia elétrica. Este carro foi jogado contra o muro de um terreno da prefeitura, no qual funciona a sede da Defesa Civil de Guaianazes e departamentos da Secretaria de Obras. Dois vigilantes saíram para falar com os envolvidos no acidente.

Um deles contou que o policial entrou no carro e tentou ir embora, mas o veículo não funcionou. Os dois seguranças tentaram impedir que o motorista fugisse. Neste momento, o PM desceu do automóvel e atirou em um deles.

 

Fonte: http://noticias.r7.com/sao-paulo/pm-se-envolve-em-acidente-de-transito-e-mata-vigilante-30072014