FCR Advocacia
FCR Advocacia
FCR Advocacia

Arquivo mensais:setembro 2014

Pesquisa diz que pais tiram crianças da cadeirinha antes da hora

Publicado em 24 de setembro de 2014 18:58

Estudo norte-americano aponta que 9 entre 10 pais antecipam a retirada do filho do assento infantil
Você sabe qual a estatura segura para que seu filho seja transportado no banco de trás do carro sem a cadeirinha? E com quantos anos ele pode passar a ocupar o banco da frente? A instituição norte-americana Safe Kids Worldwide realizou uma pesquisa em parceria com a Fundação General Motors, nos Estados Unidos, que identificou que 9 entre 10 pais antecipam a retirada de seus filhos da cadeirinha antes que eles atinjam a altura ideal.
O estudo realizado com 1.000 pais de crianças de 4 a 10 anos aponta ainda que a cada 10 pais, 7 não sabem a altura mínima que a criança deve ter para que ela possa dispensar a cadeirinha e utilizar apenas o cinto de segurança do veículo.
No Brasil, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) estipulam que crianças de até 7 anos e meio devem usar o booster – assento elevatório que serve para a criança ficar mais alta e, dessa forma, usar o cinto de segurança do carro na posição correta. Até completarem 10 anos de idade, as crianças devem ser transportadas no banco de trás, e usar, individualmente, cinto de segurança ou sistema de retenção equivalente. O descumprimento da norma prevê multa gravíssima de R$ 191,54, além da perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e retenção do veículo até que o assento seja colocado.
A legislação brasileira fiscaliza a idade, no entanto, em termos de segurança, mais que a idade, deve-se levar em conta o peso e a altura de seu filho. Nos Estados Unidos, para que a criança dispense o booster ela deve ter no mínimo 1,45 m de altura. Se a criança não tiver o tamanho adequado para utilizar o cinto de segurança – caso ele fique largo demais ou na posição inadequada – e houver uma colisão, o próprio cinto poderá causar graves lesões nos órgãos e até levar à morte.
Jeffrey Boyer, vice-presidente do Conselho de Segurança da General Motors e membro da Fundação GM, acredita que a pesquisa é um lembrete importante de que podemos fazer mais para assegurar que as crianças estejam acomodadas corretamente a cada passeio.
Atenção, pais!
O Contran divulgou em 2008 a determinação obrigando o uso desse tipo de assento no Brasil e, após um ano que a lei entrou em vigor, as mortes de trânsito de crianças de até 10 anos de idade reduziram 23%, segundo dados do Sistema de Informação de Mortalidade do Ministério da Saúde. O problema é que ainda há negligência de alguns pais. Reflexo disso é o aumento no número de infrações por transporte irregular de crianças em veículos particulares – as exigências não se aplicam aos veículos de transporte coletivo, aos de transporte autônomo de passageiro (táxi) e aos veículos escolares.
No ano de 2012, o Detran.SP aplicou 2.561 multas, apenas por meio da Polícia Militar, no Estado de São Paulo. Em todo o ano de 2013, foram 2.973 multas para quem transportava crianças irregularmente, ou seja, um aumento de 16%. O qua assusta é que no primeiro semestre de 2014, já foram aplicadas 1.661 multas. Se o segundo semestre contabilizar o mesmo número de infrações, o aumento será de quase 30% se tivermos como base o ano de 2012.
Vale lembrar que os números acima não refletem o total de autuações no Estado de São Paulo porque, além da PM, cada órgão de trânsito das prefeituras, bem como o Departamento de Estradas e Rodagens (DER) e a Polícia Rodoviária Federal, também aplicam multas pelo transporte irregular de crianças. Ou seja, há muito mais crianças sendo transportadas de maneira irregular do que podemos imaginar.
Qual cadeirinha usar?
A lei determina que bebês recém-nascidos a 1 ano devem utilizar o bebê-conforto, que, na maioria dos modelos, comporta crianças de até 9 kg. Esse tipo de assento fica posicionado de costas para o banco da frente do carro, pois protege o pescoço do bebê em caso de impacto. Entre 1 e 4 anos é preciso transportar as crianças na cadeirinha, que deve ser presa com o cinto. Há no mercado a opção de poltronas reversíveis, projetadas para carregar desde recém-nascidos até crianças de cerca de 16 kg ou mais, dependendo do modelo.
Dos 4 aos 7 anos e meio, o transporte deve ser feito no assento de elevação, ou booster, que pode ter ou não encosto. Os mais comuns são os sem encosto, apenas com apoios laterais para os braços, que custam na faixa dos R$ 90. Neste caso, é necessário que o carro tenha apoio para a cabeça dos ocupantes no banco de trás, que evita o efeito  “chicote” em caso de acidente, movimento que pode causar graves lesões na medula espinhal.
Fonte: IG

Operação Trato Feito põe sob suspeita licitação e construção da Passarela da Barra, em Balneário

Publicado em 24 de setembro de 2014 18:56

Relatório do Gaeco aponta inclusive a possível existência de uma organização criminosa nos bastidores da obra

A investigação da Operação Trato Feito que apura fraudes envolvendo a Passarela da Barra coloca sob suspeita desde a licitação do projeto até a execução da obra. O relatório do Gaeco aponta inclusive a possível existência de uma organizaçãocriminosa “capitaneada” pelo presidente da Compur (Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Balneário Camboriú), Niênio Gontijo, e integrada pelo filho Renan Diegoli Gontijo, pelo diretor da Compur Giovane da Silva Constante, além de Rodrigo Hartmann Dobner – sócio administrador da Helpcon (executa a passarela) – e Rogério Vargas Elisbão – proprietário da Conceb (responsável pelo projeto).
Durante o monitoramento, o Gaeco diz ter concluído que Niênio e Renan são sócios “de fato” de Rodrigo (da Helpcon) na execução desta obra, estando os dois à frente da construção, enquanto Rodrigo ficaria encarregado de receber os valores da prefeitura, fazer pagamentos de maiores vultos referentes aos materiais e repassar parte do recebido a Niênio e Renan.

O Gaeco relaciona um resumo de interceptações que indicarim que Niênio está à frente da obra. Entre as quais há uma ligação interceoptada de Niênio para engenheira da empresa, chamando a atenção porque os dois acessos das torres estão impedidos e manda que libere um deles. Para a investigação, fica clara a subordinação da profissional aos seus comandos.

Para o Gaeco, ficou evidente ainda que Niênio é quem comanda a obra e que tem o filho Renan como subordinado. O relatório destaca uma gravação de 28 de junho, entre Renan e sua mãe, em que o engenheiro civil diz “a gente trabalha há três anos juntos. (…). Meu pai paga meu salário”.

A investigação diz ter verificado ainda que o engenheiro responsável pela obra, ao menos no período das investigações, não teve qualquer participação nos assuntos afetos à construção. A apuração do Gaeco verificou a presença de Rogério em alguns assuntos referentes à execução – quando ele só faz parte da comissão de fiscalização.

No dia 25 de junho, Rogério conversa com uma engenheira da Helpcon sobre cabos de elevadores. Para o Gaeco, essa gravação deixa clara também que não está sendo levado em conta o projeto original do empreendimento.

Contrapontos

Niênio Gontijo e Renan Gontijo, presidente da Compur e seu filho, respectivamente
Tanto o telefone celular pessoal de Niênio quanto o de Renan Gontijo seguiam desligados ontem. A reportagem procurou o advogado dos dois, Oswaldo Horongozo Filho, mas ele não foi localizado até a noite desta segunda-feira.

Rodrigo Hartmann Dobner, engenheiro diretor da Helpcon, empresa das obras da Passarela da Barra
O advogado de Hartmann, Maykon Reghin Lopes, disse que a empresa Helpcon atua há 15 anos no mercado e que a companhia toma todas as decisões executivas da obra. Disse que a atuação de Niênio Gontijo é apenas na fiscalização do empreendimento, para ver se está sendo cumprido o projeto executivo. Mas admite que, pela experiência de Niênio no setor de construção civil, a opinião dele é levada em conta em alguns assuntos, na tomada de decisões da Helpcon. Afirmou também que esse trabalho de Niênio recebe suporte por parte de seu filho, Renan Gontijo, mas não soube esclarecer qual o vínculo de Renan com a prefeitura. Disse apenas que ele não é funcionário da Helpcon.

Rogério Vargas Elisbão, engenheiro civil, membro da comissão de fiscalização da obra da Passarela da Barra e proprietário da Conceb
O advogado Daniel Moreno Ferreira da Silva, disse que como o processo corre em segredo de Justiça, não podia comentar sobre o mérito da investigação.

Giovane da Silva Constante, engenheiro civil, diretor técnico da Compur e responsável pela fiscalização da obra
Em cinco tentativas no telefone declarado à OAB pelo advogado Diego Montibeler, defensor de Giovani da Silva Constante, a resposta foi um aviso de que o número é inexistente.

 

Fonte: http://anoticia.clicrbs.com.br/sc/noticia/2014/09/operacao-trato-feito-poe-sob-suspeita-licitacao-e-construcao-da-passarela-da-barra-em-balneario-4604737.html

Agentes orientam motoristas sobre embarque e desembarque em corredor de ônibus até quarta-feira em Joinville

Publicado em 24 de setembro de 2014 18:54

Se a sinalização não for respeitada, Ippuj vai proibir parada de carros em frente ao Colégio dos Santos Anjos

A polêmica sobre a parada de carros na faixa de ônibus da avenida JK, em frente ao Colégio dos Santos Anjos, no Centro de Joinville, ganhou mais um capítulo segunda-feira.  O diretor do Instituto de Planejamento (Ippuj), Vladimir Constante, informou que os agentes de trânsito permanecerão no local orientando os pais de alunos noshorários de pico até quarta-feira. Se após a orientação a área de embarque e desembarque voltar a servir de estacionamento, as placas serão retiradas e o espaço ficará disponível somente para os ônibus.

— Não havendo obediência dessa sinalização, vamos criar situações mais drásticas, proibindo o embarque e desembarque de alunos — ressaltou.

Para amenizar a situação, a Prefeitura prometeu providenciar vagas de estacionamento para as vans que transportam estudantes na travessa São José, que fica próxima à escola, e ampliar as vagas para os veículos na rua Abdon Batista, já que a travessia da via pode ser feita por uma passarela que liga o colégio à catedral. A sinalização na área deve ficar pronta ainda nesta semana.

O Ippuj sugeriu inverter o fluxo de veículos, trocando a entrada do colégio pela JK para a rua Jaguaruna. Segundo Constante, a medida facilitaria o fluxo do trânsito. Porém, a escola não acatou a sugestão. Os pais também querem mais espaço para estacionar e buscar os seus filhos com tranquilidade.

— A gente não quer que tenha esse corredor de ônibus, mas um espaço para estacionar os carros e deixar os nossos filhos. Não tem outra rua para estacionar — disse Glauce dos Santos, 42 anos, mãe de um aluno do Colégio dos Santos Anjos.

Uma das coordenadoras do Santos Anjos, a irmã Oliva Cerrutt, afirmou que a escola está tentando ajudar, mas avalia que não há muito o que fazer. Segundo ela, a vazão pela rua Jaguaruna é prejudicada pelo movimento intenso. As vagas de estacionamento na catedral são insuficientes para atender aos 1,7 mil alunos e não há recursos financeiros para providenciar estacionamento em outro lugar.

— Não é que a gente não queira, mas não tem o que fazer — lamentou Oliva, reforçando que a escola está no local há mais de cem anos e doou parte do patrimônio para ampliar a avenida.

 

Fonte: http://anoticia.clicrbs.com.br/sc/geral/noticia/2014/09/agentes-orientam-motoristas-sobre-embarque-e-desembarque-em-corredor-de-onibus-ate-quarta-feira-em-joinville-4604776.html

Motorista envolvido em acidente que matou seis pessoas em São Bento do Sul será indiciado por homicídio doloso

Publicado em 24 de setembro de 2014 18:52

Polícia Civil conclui inquérito de colisão na rodovia A-280 C, no começo deste mês

Polícia Civil de São Bento do Sul concluiu o inquérito que apurou as circunstâncias do acidente de trânsito que causou a morte de seis pessoas na rodovia A-280 C no começo deste mês em São Bento do Sul, Planalto Norte de SC. Segundo o delegado Odair Sobreira o inquérito foi encaminhado ao juiz da 3ª Vara Criminal e ao Ministério Público no final da tarde da última sexta-feira.

Pelo inquérito da polícia, Milton Zanghellini Ruckl – o motorista que provocou o acidente – será indiciado por seis homicídios dolosos qualificados, pois segundo o delegado, além de assumir o risco de matar, ele colocou em risco outras pessoas, como as que estavam com ele no carro. Milton também deve responder por lesão corporal grave, já que uma das vítimas ainda está internada no hospital.

De acordo com o delegado, foram ouvidas cerca de vinte testemunhas, entre pessoas que presenciaram a colisão, pessoas envolvidas, policiais militares, bombeiros e pessoas que estiveram com Milton na Schlachtfest, festa germânica de São Bento do Sul.

– Nós percebemos que algumas testemunhas próximas a Milton tentaram encobri-lo, dizendo que ele não havia bebido. Ele mesmo confessou que havia bebido, mas pouco – diz Odair.

Milton fugiu da ambulância antes de entrar no hospital para o qual estava sendo conduzido. Para o delegado, ele quis fugir de testes que comprovassem a ingestão de bebida alcóolica.

– Ele fugiu para evitar que se constatassem que ele havia bebido. Na ocasião, ele afirmou que fugiu porque estava em estado de choque – conta.

A polícia espera o laudo do Instituto Geral de Perícias para saber a qual velocidade Milton dirigia, mas há indícios de que ele estaria dirigindo em alta velocidade. Uma das testemunhas ouvidas teria dito à polícia que trafegava na mesma via a 80 km/h e viu Milton ultrapassar alguns carros.

Ministério Público tem cinco dias para oferecer a denúncia contra Milton. Nesse caso, ele pode seguir a linha da polícia civil e indiciá-lo por homicídio doloso ou poderá mudar o caráter do crime.

– O poder judiciário e o Ministério Público já sinalizaram que tem o mesmo entendimento da polícia em relação ao crime, tanto que concordou com a prisão preventiva dele -, afirma.

 

Fonte: http://anoticia.clicrbs.com.br/sc/seguranca/noticia/2014/09/motorista-envolvido-em-acidente-que-matou-seis-pessoas-em-sao-bento-do-sul-sera-indiciado-por-homicidio-doloso-4604782.html

Colisão frontal provoca morte de motorista e deixa cinco feridos em Tijucas

Publicado em 24 de setembro de 2014 18:48

Acidente entre Kombi e um caminhão ocorreu na manhã desta terça-feira na SC-410

Um acidente grave entre uma Kombi e um caminhão caçamba matou uma pessoa e deixou cinco feridos em Tijucas nesta terça-feira. Conforme informações do Corpo de Bombeiros, a colisão frontal ocorreu após uma ponte no Km 6 da SC-410, por volta das 11h30min.

motorista da Kombi morreu no local. Os outros cinco ocupantes ficaram feridos e foram encaminhados para os hospitais de Tijucas e Florianópolis. De acordo com os bombeiros de Itapema, uma mulher ficou gravemente ferida e foi encaminhada ao Hospital de helicóptero. O condutor do caminhão não se feriu.

Equipes dos bombeiros de Itapema, Tijucas, São João Batista e Porto Belo, além do helicóptero Arcanjo, deram apoio na ocorrência. Ao todo, quatro ambulâncias do Corpo de Bombeiros e uma do Samu participaram do atendimento.

Fonte: http://anoticia.clicrbs.com.br/sc/noticia/2014/09/colisao-frontal-provoca-morte-de-motorista-e-deixa-cinco-feridos-em-tijucas-4604858.html

Prefeitura de Brusque tem 40 dias para analisar informações investigadas pelo MP e tomar providências

Publicado em 24 de setembro de 2014 18:43

Procurador do município disse que só foi informado hoje do teor das investigações

O procurador do município de Brusque, Elton Riffel, disse em entrevista ao Santa que a prefeitura foi informada hoje pela manhã das investigações da Operação Revisão Total, do Ministério Público (MP), e declarou que até então não tinha conhecimento das fraudes que ocorriam.

— Nós recebemos informações hoje, informações sigilosas da investigação do Ministério Público para verificação e adoção de providências. É um material muito longo, com vários volumes, muitas páginas e nós precisamos estudar todo esse material para verificar os apontamentos que foram feitos. 


Riffel informou ainda que o Ministério Público estabeleceu o prazo de 40 dias para que a prefeitura analise as informações. Ele disse que até esta terça-feira não tinha conhecimento da investigação, apenas de pedidos de informações e cópias de processos licitatórios que foram solicitados pelo Ministério Público. Na tarde de ontem, o procurador não pôde dar informações específicas sobre o caso:

— Não sabemos dizer se há prejuízo para os cofres públicos, se houve irregularidade ou não. Tudo isso vai ser verificado ao longo desse material que nos foi repassado (pelo Ministério Público) e então vamos verificar se será necessária a adoção de alguma providência administrativa no âmbito da prefeitura de Brusque.

 

Fonte: http://anoticia.clicrbs.com.br/sc/noticia/2014/09/prefeitura-de-brusque-tem-40-dias-para-analisar-informacoes-investigadas-pelo-mp-e-tomar-providencias-4604977.html

Prefeito e vice afastados por suspeita de fraude em concurso público tentarão voltar ao cargo com ação na Justiça

Publicado em 24 de setembro de 2014 18:41

Administradores de Coronel Freitas divulgaram comunicado sobre concurso anulado

O prefeito eleito de Coronel FreitasMauri Zucco, e o vice, César Martinelli,afastados do cargo por decisão judicinal na sexta-feira por suspeita de fraude e corrupção em concurso público, vão ingressar com uma ação nesta semana no Tribunal de Justiça do Estado.

A informação consta numa nota divulgada nesta terça-feira pelos administradores afastados, denominada: Declaração à imprensa e à comunidade.

“Temos a convicção de que em breve retornaremos às funções de prefeito e vice-prefeito municipal, e reafirmamos o compromisso de contribuir com os órgãos de controle interno e externo da Administração Pública para a completa elucidação de todos os fatos relativos ao concurso público municipal, de maneira transparente e isenta”, consta num dos tópicos da nota.

Na nota os administradores afirmam que a denúncia sustenta-se no depoimento de uma candidata não aprovada no concurso e que seria filiada a um partido de oposição. Zucco e Martinelli também argumentam que não há provas de ilegalidade e que a contratação da empresa vencedora obedeceu às normas legais, com licitação.

Na sexta-feira passada o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) realizou operação de busca e apreensão em cinco cidades. O objetivo foi recolher material para investigar fraude e corrupção em concurso público realizado pela Prefeitura Municipal de Coronel Freitas, no Oeste de SC. De acordo com a denúncia um dos candidatos teria pago a quantia de R$ 4 mil para receber o gabarito.

O Gaeco é uma força-tarefa formada pelo Ministério Público de Santa Catarina, as Polícias Civil e Militar, Secretaria de Estado da Fazenda e Polícia Rodoviária Federal.

Os agentes cumpriram mandados de busca e apreensão nas cidades de Coronel Freitas, Xanxerê, Maravilha e Arabutã, todas em Santa Catarina, além de Palmeira das Missões, no Rio Grande do Sul.

A investigação iniciou a partir de denúncias feitas na Promotoria de Justiça de Coronel Freitas, por candidatos que participaram do concurso, realizado no dia 27 de abril. Há suspeita de vazamento do gabarito beneficiando alguns candidatos. A seleção era para 19 cargos, como auxiliar administrativo, agente de sáude, professor, enfermeiro e até médico. As provas foram realizadas e até o resultado foi divulgado no dia 14 de maio mas, por determinação da justiça de Coronel Freitas, os efeitos dele, inclusive a nomeação, foram suspensos. Cerca de 500 pessoas participaram da seleção.

Houve busca de documentos na Prefeitura de Coronel Freitas. Em Xanxerê, as buscas foram na sede da Exito Projetos, Assessoria e Consultoria Ltda. Lá foram recolhidos cadernos de provas, gabaritos e agendas.

Já nas outras cidades foram realizadas buscas em residências e em sedes de outras empresas, que teriam participado da licitação.

Na sede da empresa não foi encontrado ninguém para falar sobre a ação. No site da empresa havia apenas um email, pelo qual foi tentado contado, sem resposta até esta terça-feira.

 

Fonte: http://anoticia.clicrbs.com.br/sc/noticia/2014/09/prefeito-e-vice-afastados-por-suspeita-de-fraude-em-concurso-publico-tentarao-voltar-ao-cargo-com-acao-na-justica-4605202.html

Homem morre após acidente entre carro e caminhão no Planalto Norte

Publicado em 24 de setembro de 2014 18:39

Acidente aconteceu na cidade de Mafra na noite de terça-feira na BR-116

Um homem morreu em um acidente envolvendo o carro em que estava e um caminhão na BR-116, em Mafra, no Planalto Norte catarinense. O acidente aconteceu no km 2,6 da rodovia, por volta das 20h40min de terça-feira.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o caminhão Volvo trafegava pela BR quando um veículo Siena teria invadido a contramão repentinamente e os dois veículos colidiram frontalmente. Valmir Soares Nardo, de 50 anos, morreu no local. O motorista do caminhão não se feriu.

 

Fonte: http://anoticia.clicrbs.com.br/sc/noticia/2014/09/homem-morre-apos-acidente-entre-carro-e-caminhao-no-planalto-norte-4605590.html

Identificadas vítimas do acidente entre Kombi e caminhão em Tijucas

Publicado em 24 de setembro de 2014 18:38

Uma pessoa morreu e cinco ficaram feridas na colisão frontal que ocorreu na SC-410

Polícia Militar Rodoviária (PMRv) de Gaspar repassou o nome dos envolvidos no acidente entre uma Kombi e um caminhão caçamba nesta terça-feira em Tijucas. As seis vítimas da colisão frontal, que ocorreu por volta das 11h30 na SC-410, estavam em uma Kombi de Itapema e estariam fazendo entregas de panfletos pela região.

Ademir Antonio Ortiz, de 37 anos, era o motorista do veículo e morreu no local do acidente. Estavam junto com ele Anderson Ortiz, 18 anos, Jeferson Josué Alves, 15, André Luiz Helbing, 22, Rodrigo Ortiz, 16, e Gisele Ortiz Vargas, 16 anos.

De acordo com a PMRv, Anderson e Gisele foram encaminhados diretamente aoHospital São José, em Florianópolis, e inspiram cuidados. Anderson teve trauma de fígado e fêmur e Gisele, na perna esquerda. André foi transferido de Tijucas para a capital com traumas na face e no tórax.

Jeferson e Rodrigo tiveram fraturas e escoriações, mas passam bem. O motorista do caminhão caçamba de Tijucas, Jair Rodrigues Podiatsqi, de 27 anos, não se feriu na colisão.

Conforme a polícia, a Kombi teria perdido o controle e invadido a pista contrária, colidindo de frente com o caminhão. O trânsito no Km 4,417 da rodovia ficou bloqueado por cerca de três horas até a retirada dos feridos e veículos envolvidos. Ainda, de acordo com a PMRv, algumas vítimas contaram não saber o que teria ocorrido com a Kombi e por que ela perdeu o controle.


Fonte: http://anoticia.clicrbs.com.br/sc/noticia/2014/09/identificadas-vitimas-do-acidente-entre-kombi-e-caminhao-em-tijucas-4605615.html

Detonação de rochas na BR-470 em Blumenau prevista para esta quarta-feira é cancelada

Publicado em 24 de setembro de 2014 18:37

De acordo com a empresa responsável a chuva impossibilita a realização dos trabalhos

detonação de rochas no Km 51 da BR-470 em Blumenau prevista para ocorrer na tarde desta quarta e quinta-feira foi cancelada devido a chuva. A informação é da Polícia Rodoviária Federal (PFR) e da Sulcatarinense, empresa responsável pela duplicação do lote. Para que os trabalhos pudessem ser realizados, os dois lados da pista ficariam interditados das 12h às 14h.

De acordo com a empresa, a programação de quinta-feira também será cancelada caso o mau tempo continue.

Fonte: http://anoticia.clicrbs.com.br/sc/noticia/2014/09/detonacao-de-rochas-na-br-470-em-blumenau-prevista-para-esta-quarta-feira-e-cancelada-4605634.html
FCR Advocacia  -  Especializado em direito de trânsito  -  contato@fcradvocacia.com.br  -  47 4101.6817