• FCR ADVOCACIA

Detran suspende mais de 1.500 carteiras de habilitação no último ano em Alagoas

Os documentos foram suspensos por terem ultrapassado os 20 pontos e as penas variam entre um e dois meses


Dados fornecido pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AL) mostram que 1.617 processos administrativos foram abertos por suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em Alagoas no último ano. Os documentos foram suspensos por terem ultrapassado os 20 pontos e as penas variam entre um e dois meses.


O Detran informou, ainda, que monitora todas as informações e quando ocorre o caso de suspensão é instaurado um processo contra os condutores infratores. "Notificamos concedendo prazo para o direito da ampla defesa e o contraditório", acrescentou o órgão.

Ainda de acordo com o Detran, após o trâmite do processo, se condenado, o infrator terá o seu direito de dirigir suspenso por um período determinado a depender do tipo da infração.

Em seguida, além de cumprir o período de suspensão o infrator será submetido a um curso de reciclagem e a uma prova de teórica para ter acesso a sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) novamente, segundo explicou o órgão.


Últimos anos

Ainda segundo o levantamento concedido à Gazetaweb, o Detran registrou, em 2014, cerca de 171 processos administrativos por suspensão de CNH. Em 2015, o número chegou ao 452 processos. Já em 2016, o órgão notificou 980 motoristas, diferente do ano seguinte, em 2017, quando 3.230 foram instaurados. 



Fonte: gazetaweb.globo.com

@2012 Fernando Cesar Rosa Advogado Acidente de Trânsito e Embriaguez