• FCR ADVOCACIA

"Dor imensa no peito. Queremos justiça", diz irmão de homem morto durante briga no trânsito

Uma multidão compareceu ao adeus do caminhoneiro Murilo José Coelho, de 39 anos, na tarde deste domingo (20) na Paróquia Nossa Senhora Medianeira, no bairro Vila Nova, em Joinville. Murilo foi morto depois de um acidente de trânsito seguido de briga na tarde de sábado no mesmo bairro, onde morava com a mãe. A discussão foi registrada por volta das 17h45. Hoje, a família pede justiça pela morte de Murilo Coelho.


Segundo a Polícia Militar, Murilo conduzia um carro que colidiu contra uma motocicleta na Rua Leopoldo Beninca com a Rua Joaquim Girardi. A princípio o acidente parecia ter sido leve, no entanto, populares afirmam que o motociclista teria iniciado uma discussão. Os dois teriam então começado uma luta corporal, e Murilo morreu no local. O motociclista foi preso em flagrante e as causas da morte ainda são apuradas pelo Instituto Geral de Perícias (IGP).

Para os parentes de Murilo, devido ao fato a família espera por justiça. “Ele era um cara que nunca fez mal para ninguém, meu irmão era conhecido no bairro inteiro, todo mundo gostava dele, nunca se intrometeu em nenhuma briga ou confusão, nada, era querido pela comunidade. E o que fizeram com ele, a gente pede justiça e espera que ela seja feita”, justifica o irmão dele, Ricardo Roberto Coelho.

— A gente sente uma dor imensa no peito e não tem como explicar, nós queremos justiça. Precisamos rever as leis no Brasil, porque hoje você sai para ir até uma padaria e não sabe se vai voltar vivo para casa ou se volta dentro de um caixão. Hoje é a minha família que chora a perda, amanhã é a família de outra pessoa. Precisamos dar um basta nisso — lamenta ele.

O sepultamento de Murilo Coelho acontece às 16h60 no Cemitério Cristo Rei, em Joinville.


Fonte: https://www.nsctotal.com.br/noticias/dor-imensa-no-peito-queremos-justica-diz-irmao-de-homem-morto-durante-briga-no-transito-em


@2012 Fernando Cesar Rosa Advogado Acidente de Trânsito e Embriaguez