• FCR ADVOCACIA

Motorista acusado de atropelar e matar jornalista na SC-401 será julgado em fevereiro

A Vara do Tribunal do Júri da comarca da Capital vai realizar no próximo dia 7 de fevereiro, a partir das 9 horas, o julgamento de Gustavo Raupp Schardosim, motorista acusado de atropelar e matar o jornalista Roger Bittencourt, em crime registrado na manhã do dia 27 de dezembro de 2015, no quilômetro 6 da rodovia SC-401, na Vargem Pequena, norte da Ilha de Santa Catarina.


Segundo denúncia do Ministério Público, o condutor estava ao volante de uma Parati em visível estado de embriaguez quando perdeu o controle do carro, invadiu o acostamento e atropelou Roger e outro ciclista - que sofreu ferimentos, mas sobreviveu. A polícia também teria encontrado maconha no interior do veículo do réu. Schardosim responderá por três crimes: homicídio, tentativa de homicídio e embriaguez ao volante.


O motorista, na oportunidade, foi preso em flagrante, com a decretação da prisão preventiva na sequencia. Permaneceu no Presídio da Capital, no bairro da Agronômica, por um ano e quatro meses, até obter o direito de responder ao crime em liberdade, em 26 de abril de 2017. O jornalista Roger Bittencourt, por sua vez, tinha 49 anos na época do acidente.




Natural do Rio Grande do Sul, vivia há 22 anos em Santa Catarina, onde atuou no grupo RBS, ministrou aulas no curso de Jornalismo da Unisul (Itajaí), foi Secretário de Estado de Comunicação e sócio-fundador da empresa Fábrica de Comunicação.

Exercia a 1ª vice-presidência da Associação Catarinense de Imprensa (ACI). O julgamento do próximo dia 7 será presidido pela juíza Mônica Bonelli Paulo Prazeres. O MP ainda não definiu seu representante, que terá companhia dos advogados André Mello Filho e Marcelo Luciano Vieira de Mello como assistentes de acusação. O advogado Alexandre José Biem Nieube atuará na defesa do réu (Autos 0047684-81.2015.8.24.0023).

@2012 Fernando Cesar Rosa Advogado Acidente de Trânsito e Embriaguez