Buscar
  • FCR ADVOCACIA - Direito de Trânsito

Motorista que provocou morte ao dirigir embriagado é condenado pelo júri em Chapecó

Atualizado: 26 de out. de 2021

Em sessão do Tribunal do Júri realizada na comarca de Chapecó, um homem acusado de dirigir embriagado e provocar um acidente de trânsito, que vitimou fatalmente motorista de outro veículo e causou graves ferimentos na esposa da vítima, acabou condenado. O réu foi sentenciado em sete anos de prisão, em regime semiaberto. Ele tem o direito de recorrer em liberdade.

Foram 13 horas e meia de debates entre o promotor de justiça e os advogados de defesa. O conselho de sentença foi composto, por sorteio, de quatro mulheres e três homens. O julgamento, ocorrido no último dia 17, foi presidido pela juíza substituta Adriana Inácio Mesquita de Azevedo Hartz Restum.

A denúncia apresentada no processo conta que o acusado estava acompanhado por quatro amigos e que todos consumiram bebida alcoólica na noite anterior à madrugada de 9 de maio de 2014. A colisão foi na então rua Araras, bairro Efapi, por volta de 2h30. As vítimas voltavam do trabalho quando aconteceu o acidente. O réu respondeu por homicídio e tentativa de homicídio mediante dolo eventual, além de direção sob efeito de álcool (Autos n. 0008610-69.2014.8.24.0018).


Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP) Fonte: TJSC


0 visualização0 comentário