• FCR ADVOCACIA

Pesquisa da UFSC revela dados alarmantes sobre os acidentes em Santa Catarina

Um estudo realizado com apoio do governo estadual constatou que eram motociclistas 85% das pessoas hospitalizadas após acidentes de trânsito, entre agosto de 2016 e julho de 2017. Essa e outras conclusões foram apresentadas no Seminário de Avaliação Parcial do Programa de Pesquisa para o Sistema Único de Saúde (PPSUS) no fim de 2018, a fim de garantir bons resultados até a finalização dos trabalhos, em 2019. O estudo conduzido por pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) usou dados de notificações e de 45 entrevistas com pacientes internados em Florianópolis por lesões decorrentes de acidentes de trânsito.

Só a Polícia Rodoviária Federal fez 1,5 mil atendimentos em rodovias federais, principalmente na BR-101. Para espanto geral, a maior parte dos acidentes ocorreu em estradas retas, secas e à tarde, com céu claro, levantando a hipótese de que o problema maior foi a imprudência dos condutores – particularmente em ultrapassagens.

Isso explicaria, também, porque a SC-401, rodovia relativamente curta e cheia de retas, aparece como a segunda em número de ocorrências – 895 casos atendidos pela Polícia Rodoviária Estadual no período referido – atrás da SC-108, 10 vezes mais longa, com 472,26 km entre Joinville e Praia Grande (divisa com território gaúcho). O projeto continua em andamento até agosto deste ano e conta com três pesquisadores: Maiara Leandro, Anderson da Silveira e Juliana Fiorott.


Fonte: https://www.nsctotal.com.br/colunistas/mario-motta/pesquisa-da-ufsc-revela-dados-alarmantes-sobre-os-acidentes-em-santa


@2012 Fernando Cesar Rosa Advogado Acidente de Trânsito e Embriaguez